Iniciação de Novos Membros





Neste último sábado (13/05) foi dia atípico para 5 jovens. Um dia que certamente ficou marcado em suas memórias, uma porta para um novo mundo. Um processo complexo em que nós demolays envidamos muito de nossos esforços para que a cerimônia ocorra da melhor forma possível e possa passar com lucidez todo seu significado. 
A iniciação de um Demolay pode obter vários significados, dependendo do jovem que é iniciado, cada um a interpreta do seu jeito.  Querendo ou não a iniciação apresenta uma nova realidade ao neófito, muda sua personalidade, seu caráter, por meio das virtudes em que lhe é apresentado, como se dentro de nós seja implantado algo, despertado, que cresce cada vez mais em que se é absorvido todo o simbolismo herdado de nosso tio Frank Sherman Land. Ali tudo esta interligado, e quando falo "ali", me refiro a sala capitular, o templo, e o simbolismo ali habita. Por um período de tempo se fecha as portas para o mundo profano e abre as portas para o mundo Demolay, aquela primeira interação com o espiritual, divino, e reflexivo ao mesmo tempo, nos toca de uma tal maneira que sentimos naquele instante em que ali há uma causa que vale a pena lutar, em que vale a pena defender e ter como própria.  A magia cerimonial torna-se unânime, nos guiando em toda a cerimônia. 
Após a cerimônia tivemos uma pública em  homenagem as mães, em que as famílias dos novos demolays puderam se fazer presente e junto com os demais convidados puderam abrilhantar nossa pública, que foi resumida em declarações e agradecimentos as essas mulheres que nos deram a vida e nos cuidaram em todas nossas trajetórias. Após esta cerimônia festejamos em nosso belíssimo jantar devidamente preparado pelos nossos tios, em que tivemos um contato maior com as famílias e os novos irmãos e por assim dizer confraternizarmos até faltar assunto. 

Fraternalmente, em Demolay



Capítulo Rio Grande Nº 354.

XVIII Congresso Regional da Ordem DeMolay





Neste último sábado de abril (29/04) tivemos um evento muito importante para a ordem demolay, em que demolays de todo o sul puderam prestigiar. O CROD ( Congresso Regional da Ordem DeMolay) aconteceu no Município de Canguçu, conduzido e organizado pelo Capítulo Guardiões dos Tapes Nº 894, tendo  Maurício Vargas como Mestre Conselheiro, junto com o auxílio do irmão Thomas Primo Alves atual Mestre Conselheiro Regional. 
O XVIII Congresso movimentou jovens de sete cidades, Canguçu, Piratini, Pelotas, Rio Grande, Bagé, Pinheiro Machado e Santana do livramento. O Esporte Clube Cruzeiro de Canguçu sediou este grande evento, e o esporte se manteve fiel nas competições de futsal, Vôlei de praia e xadrez. 
Comitivas partiram em direção ao congresso, e fomos recebidos com um café preparado pelo Capítulo sede, e claro, abraços e saudações por parte de todos os irmãos presentes. As competições vieram em seguida, com jogos acontecendo simultaneamente, momento de uma grande confraternização entre os irmãos. Por os jogos terem ocorridos num mesmo local, facilitou ter um congresso centrado em um único lugar. Após o término dos jogos, fomos para o almoço que ocorreu também dentro do clube, que tinha como cardápio carreteiro e salada. Cada capítulo tinha sua mesa, mas isso não foi impedimento para a familiaridade demolay, e entre conversas e garfadas, se fez o almoço. Em seguida, foi feita a premiação dos ganhadores dos jogos, cada instante em que era dito os nomes de cada capítulo, era uma euforia que só quem estava presente entende, e comemorações.  
Posterior as premiações demos início a abertura que foi devidamente conduzida pelas autoridades da mesa, seguida por palestras que puderam engradecer intelectualmente e incitar reflexões a cada espectador. Um momento importante posterior as palestras, que de certa forma aproximou mais os capítulos, em que Mestre Conselheiros de cada capítulo, levantou-se, e falou sobre as dificuldades que enfrentou durante  a gestão e como resolvê-las. Claramente foi de grande valia a recém Mestre Conselheiros e aos demais DeMolays, pois são nas dificuldades que aprendemos. Partimos então ao encerramento acompanhado de um grande café. Agradecimentos e felicitações foram feitas, e após feita a oração que acompanha nossos caminhos e a batida do malhete, infelizmente partimos para retirada. 





Um dia memorável a cada um presente, onde tivemos a oportunidade de adquirir experiência e sabedoria para conduzir nossas vidas durante os próximos tempos. Sabendo que ali, naquele dia, reforçamos nossas virtudes de fazer algo maior para a sociedade, unidos pelo amor fraterno, e proporcionando momentos que ficarão eternizados na vida de todos os demolays, tios, tias, amigos e convidados que ali se fizeram presentes. Nós do capítulo Rio Grande Nº354, deixamos fraternalmente nossos agradecimentos e cumprimentos ao capítulo sede do XVIII Congresso Regional da Ordem Demolay.



Fraternalmente em DeMolay,


Capítulo Rio Grande, Nº354

Dia Nacional do Demolay

 Imagem 

Ontem tivemos o dia em que nós, demolays, recordamos a quem esta imensa irmandade representa em todos nosso encontros. Este dia, 18 de março entre revoluções, crises, guerras e relações diplomáticas históricas, nasceu reis, rainhas, duques, políticos, diplomatas e pacifistas, mas também morreu, entre estes Jacques de Molay, que foi e sempre será um nobremilitarcavaleiro e último grão-mestre da Ordem dos Cavaleiros Templários.Nascido em Molay, e que pertencia a uma família da pequena nobreza francesa. E é hoje o patrono da ordem demolay. 

Quando a ordem demolay foi criada, o passo seguinte foi escolher um nome para este clube. Vários nomes foram citados e nenhum agradava aos rapazes. Um deles sugeriu que, já que estavam em um local de reuniões da Maçonaria, era justo que se usasse o nome de alguém ligado à ela. Mais uma enxurrada de nomes apareceu e nenhum consenso foi atingido até que o nome e a História de Jacques de Molay apareceu, cavaleiro templário da Idade Média que exemplificou a fidelidade e lealdade com o seu comportamento de preservar seus amigos da morte certa oferecendo a sua. 
Que neste dia honremos mais do que nunca quem foi Jacques de Molay, e que reverenciaremos sua memória, e por assim dizer sentirmos orgulhosos por carregar a sua história em nossa causa.E nada mais gratificante  do que isso é comemorar este belo dia com o Capítulo Pelotas Nº 003, reforçando o elo do companheirismo que a ordem demolay tanto honra. Que este 18 de março seja lembrado não só como símbolo de irmandade, mas como um dia de plena devoção a Jacques e seus princípios, que fez nós ,torná-lo nosso herói.





Fraternalmente, em Demolay 




Capítulo Rio Grande, Nº354